Cine Contêiner

Trabalhar um projeto que atende as necessidades de uma comunidade é sempre desafiador e instigante, porque essa experiência permite que o arquiteto vá além de soluções técnicas e legais. Esse é o caso do Cine Contêiner, a proposta desse trabalho é desenvolver uma edificação que possibilite ampliar o papel da escola na formação do aluno e entregar para a comunidade uma área pública que seja um polo de lazer e cultura.

Para isso a edificação propõe ser um centro de projeção e formação de conteúdo, com salas de projeção e estúdio de criação de vídeo, e conteúdo programático elaborado por especialistas através de projetos sociais. Também foi projetado um espaço ao ar livre, como uma praça na cobertura da edificação que segue o nível do acesso da rua e conta com móveis projetados a partir de peças reutilizadas com pallets.

Além disso, trazer uma edificação que em seu design discuta a utilização de novos materiais, e a conservação do sítio de ocupação com pouca intervenção no terreno são propostas que ajudam a desmitificar as possibilidades que um edifício pode assumir, independente do custo e qual público vai atender.

Cidade/País:

Rio Claro / Brasil

Tipo de Projeto:

Educação Infraestrutura

Ano:

2019

Quadras Sustentáveis

O projeto das quadras sustentáveis foi o resultado das manifestações das ideias de um grupo de pessoas que tem interesse em planejar sua aposentadoria em um local onde possam conviver e curtir os prazeres de uma vida simples com as utilidades urbanas e as comunidades rurais.

Os conceitos empregados nesse projeto envolvem a ocupação da quadra com seu centro sendo direcionado para atividades como horta comunitária, centro comunitário, espaço para prática de atividades físicas e compostagem. Na periferia dela ficam locadas as edificações, para poder trabalhar essa configuração o uso e atividades foram definidos como habitacional em sua extensão e atividades de comércio e serviços nas esquinas; assim é possível criar atividades nas áreas que não demandem grandes deslocamentos. Outro fator levado em consideração é a quantidade significativa de áreas permeáveis que a quadra proporciona.

Cidade/País:

Uberlândia / Brasil

Tipo de Projeto:

Habitação Infraestrutura

Ano:

2017

Reforma de Escritório

Este projeto foi elaborado para uma competição internacional direcionada para um escritório de contabilidade. O espaço era anterioremente ocupado por um armazém de produtos. 

Os clientes escolheram esse edifício como a nova sede de operações, por ter fácil acesso e ser maior em área do que um módulo comercial, além do menor preço de aluguel e outros atrativos.

Pensando nisso a proposta do TBS baseia-se na ideia de trazer fluidez ao programa de necessidades através de um layout fluido e evidência das características dos materiais como a tonalidade do espaço onde é possível ver a integração e dinâmica do escritório.

Cidade/País:

Gossau/Suíça

Tipo de Projeto:

Comercial Serviços

Ano:

2017

Casa

Esta casa, localizada em uma cidade muito simpática no interior de Minas Gerais , fica num bairro residencial bem arborizado e seus proprietários queriam que ela fosse reflexo de suas subjetividades tomando partido de questões sustentáveis e trazendo a vista da cidade para dentro da casa sem comprometer a privacidade.

Para isso o TBS voltou o programa de necessidades do projeto para uma edificação que valorizasse a topografia original, estabelecendo a ocupação setorial através de uso e dimensões de cheios e vazios. Além da valorização da alta taxa de permeabilidade, eficiência energética, e questões ambientais: como áreas destinadas a plantio e utilização de produtos locais na construção.

Cidade/País:

Piumhi / Brasil

Tipo de Projeto:

Residencial Unifamiliar

Ano:

2018

Museu Memória do Jaçanã

O projeto do Museu foi um trabalho encomendado pela associação Museu Memória do Jaçanã. Um grupo de profissionais voluntários que buscam gerar na área cedida pelo governo do estado de São Paulo um espaço que sirva para atividades culturais da comunidade. 

A proposta desse projeto partiu de três necessidades, térreo livre, área destinada ao acervo do museu e atividades que atendam um centro cultural. Ou seja, o projeto deveria ser direcionado para atender a proposta do projeto técnico social criado pelos profissionais voluntários.

Assim a proposta se divide nas necessidades a seguir:

1 – Subsolo que concentra o acervo do museu, onde é possível controlar as condições necessárias para cuidar das peças do acervo.

2 – Térreo livre que se transforma em um grande pátio onde as pessoas podem ter acesso livremente e se conectar com a praça na frente do terreno.

3 – No corpo do edifício que se sustenta sobre o térreo livre ficam concentradas as oficinas, o auditório, e o setor administrativo.  E para fecharmos o projeto achamos interessante propor o café na cobertura (rooftop) com uma vista de 360º que deixa qualquer evento e visita interessante.

Cidade/País:

São Paulo / Brasil

Tipo de Projeto:

Cultura

Ano:

2016

Conjunto Habitacional Rubi

O projeto do conjunto habitacional Rubi foi resultado da assessoria técnica que o TBS realizou para um movimento de moradia na Zona Leste de São Paulo. A demanda do projeto compreendia a alocação de 300 famílias em uma área com alta declividade e área não edificável por conta de divisa de curso d’água.

Esse programa nos levou a pensar em como destinar essas famílias em uma área na qual elas pudessem morar, trabalhar, ter lazer e até mesmo se alimentar.

Pensando nisso a proposta teve como base realizar o mínimo de alteração no perfil natural do terreno para garantir eficiência na execução da infraestrutura. A divisão da composição da edificação em dois blocos contou com um pátio central e áreas comuns nas suas bases, com relevância a uma área de uso comum tanto para lazer, quanto com salões que acomodassem reuniões ou até mesmo cursos para os moradores.

Além de moradia e atividades complementares achamos importante refletir sobre a função das áreas de preservação permanente presentes no terreno por conta de cursos d’água. A preservação era necessária e deveria ser atendida, com isso buscamos integrá-las nas atividades do terreno, com a solução de torná-las agricultáveis, garantindo aos moradores a obtenção de parte de seus alimentos. Levando em conta que não podemos contaminar nem a água e nem solo, isso seria viável? Sim, e é nessa área que o TBS propõe a implantação de agroflorestas.

As agroflorestas se baseiam em um conceito de cultivo sem a utilização de agrotóxicos na manutenção dos trechos agricultáveis e com aplicação de diversidade de espécies vegetais cultiváveis. Assim os moradores do conjunto habitacional Rubi conseguiriam obter uma parte de sua alimentação de cultivo do próprio terreno, ou ainda poderiam até mesmo transformar essa atividade em recurso para o condomínio, o que traria outra atribuição e tornaria o conjunto habitacional Rubi mais que apenas uma edificação de moradia.

Cidade/País:

São Paulo / Brasil

Tipo de Projeto:

Habitação Infraestrutura

Ano:

2015

Salão de Beleza

O projeto desse salão de beleza na Zona Sul de São Paulo, é uma dessas demandas que vai de encontro com a proposta do TBS. O edifício, objeto dessa reforma, é um prédio construído na década de 40 que sofreu pouca alteração de suas características originais. Apesar do uso anterior ser o mesmo, salão de beleza.

As alterações necessárias foram: reconfiguração, adequação de layout e atenção às patologias incidentes (por conta da falta de manutenção do prédio). 

Cidade/País:

São Paulo / Brasil

Tipo de Projeto:

Comercial Serviços

Ano:

2017

whatsapp: (11) 97697-4012